Blog

Como é o tratamento em clínica contra o alcoolismo
Como é o tratamento em clínica contra o alcoolismo

Como é o tratamento em clínica contra o alcoolismo

Quando se tratam de substâncias psicoativas lícitas o problema é maior, porque a facilidade de recaída e as chances das mesmas são muito maiores ao invés de drogas que são ilícitas, justamente porque as pessoas não necessitam se expor para ter que buscar. Ao mesmo tempo, o tratamento para alcoólatras dentro de clínicas de recuperação deve ser muito mais preciso na parte de prevenção à recaída em comparação às pessoas que são drogadictas em narcóticos. Saiba aqui como é o tratamento em clínica contra o alcoolismo.

Atualmente estamos vivendo em época de pandemia do novo coronavírus e ligar a TV pode gerar incerteza e mais ansiedade ainda, já que não há quase notícia boa nos telejornais. Posto isso, gerar essa sensação de inquietação, angústia, incerteza, tristeza e outras do gênero, pode ser pior ainda para quem tem histórico de alcoolismo e dependência química.

O ano de 2020 foi um ano que tinha tudo para começar bem, ninguém achava que ia ser da maneira que foi, depois do carnaval, foi tudo literalmente ladeira abaixo. Os casos saíram da China e se concentraram na Itália, posteriormente EUA e logo no Brasil, e depois disso, incertezas, inflação, mortes e problemas relacionados a economia global vieram em decorrência da pandemia.

Sendo assim, o Brasil tentou montar suas bases num cenário incerto, tentando conter as taxas de ocupação de UTI’s a níveis menores, mas não deu certo. Lockdowns foram necessários, empresas fecharam as portas e muitos foram demitidos. E mais incertezas vieram.

O plano do “milagre econômico” sonhado por Jair Bolsonaro, não conseguia sair do papel devido às crises em cima de crises proporcionadas pela pandemia globalizada.

Mas o que “A” tem haver com “B”. O que a pandemia tem haver com alcoolismo? Tudo na verdade, muitas pessoas não sabem, mas todas essas incertezas fizeram com que muitas pessoas que estavam em recuperação e que fizeram a prática do isolamento social, recaíssem.

Além do mais, houve um consumo exponencial no nível de drogas no brasil de maneira tão grande, que com as fronteiras fechadas, se consumia muito mais subproduto adicionado à narcótico, do que propriamente as drogas. O ano de 2020 foi marcado pelo elevado consumo de drogas e de álcool.

Desaprendendo velhos hábitos e substituindo-os por coisas novas

Com a problemática de muitas pessoas recaindo, ainda que com muitos indivíduos tendo a chances de se recuperar, as instituições lotaram repentinamente. O tratamento para alcoólatras dentro de clínicas de recuperação literalmente explodiu, mas é simples de entender esse procedimento. O que as clínicas fazem é fazer com que o paciente vá desaprendendo velhos hábitos e substituindo-os por coisas novas.

Quando se tem apego à bebida, tem que se entender que a mesma é utilizada como um mecanismo de fuga para certas sensações desconfortantes relacionadas a um tipo de comportamento, este é chamado de comportamento adictivo.

Sendo assim, esse processo é bem semelhante ao de pessoas que sofrem de dependência de outras drogas como por exemplo: maconha, LSD, cocaína e crack.

Só que tem um grande porém nessa história toda, as bebidas alcoólicas, diferentes das drogas que você tem que comprar na boca à vista, são vendidas em quaisquer lugares e aceitam cartão, podem ser passadas no cheque no supermercado e etc.

Você pode ser preso por dirigir embriagado, mas não por comprar bebida. O que você vai fazer com a mesma é consequência sua depois, mas comprar é lícito. Esse é o grande dilema para quem é alcoólatra.

Por isso que as clínicas de recuperação tem que fazer um trabalho incisivo e de alta prestatividade com quem é alcoólatra. Sendo assim, além de realizar o tratamento medicamentoso, psicológico e tentam fazer com que os pacientes vão, inconscientemente, se desaprendendo velhos hábitos e substituindo-os por coisas novas.

Prevenção à recaída dentro de um contexto de alcoolismo

Quando se pensa em tratamento para alcoólatras dentro de clínicas de recuperação, ao lembrar-se da licitude da substância, é importante fazer um trabalho focado na prevenção à recaída dentro de um contexto de alcoolismo. Sendo assim ensinando técnicas que viabilizem a manutenção da recuperação.

Desta forma, vale ressaltar que só está em recuperação quem vive o processo, não adianta ter tudo por escrito, é preciso vivenciar os altos e baixos da doença, ir desaprendendo velhos hábitos e substituindo-os por coisas novas, pensamentos novos e positivos, resiliência e gratidão.

Posto isso, aqui vão algumas dicas de como tentar fazer com que seu cérebro não seja manipulado pelo alcoolismo, mesmo que ele o faça, existem meios de você conseguir.

  1. Seja Humilde

Pedir ajuda e aceitar que é impotente perante a bebida é o primeiro passo e isso você já fez ao entrar em uma clínica. Agora, é preciso pedir ajuda para poder sair de casa. Se você não se sente seguro, ouça a intuição, fique na sua

  1. Cuidado com Bares, Mercados e Padarias

Esses lugares vendem bebidas, não tem porque ir sozinho no início, ao passo que a recuperação evolui, pode até ser que você consiga andar no corredor das bebidas e não sentir ansiedade, mas inicialmente, evite.

  1. Cuidado com o Dinheiro e Cartões

Sem eles você não compra nada, então evite, dê para alguém de confiança ficar com esses recursos. Quando precisar peça pra pessoa ir junto com você ao mercado ou à padaria.

  1. Ande com as pessoas Certas

Se você quer parar de beber e andar com gente que bebe, não vai dar certo. Quer parar de beber? Então ande com quem te apoia e não bebe.

  1. Evite provocar sensações desagradáveis pros Outros e pra você Mesmo

A abstinência da bebida pode causar sensações desagradáveis e pode ser o estopim para muita ira, raiva e agressividade. Além de brigas, mas isso pode ser inconscientemente uma vontade de poder justificar a recaída.

Além do mais, nada mais que a empatia para poder ajudar, se o Tratamento para alcoólatras dentro de clínicas de recuperação foi ótimo, porque não fazer a manutenção em grupos de apoio como A.A (Alcoólicos Anônimos) por exemplo. Ouvir uma história de superação nunca é demais quando o assunto é reabilitação.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.